Precisamos falar sobre... Will and Grace

Oi vocês,

Quanto tempo que eu não falo sobre as séries que ando assistindo por aqui, né? Acho que como todo mundo, estou sofrendo bastante com o tédio desta pandemia e livros, séries e filmes é o que vem me salvando diariamente (além do meu lindo gatinho que já não me aguenta mais). Hoje eu venho falar do sitcom Will and Grace.

Título: Will and Grace
Emissora: NBC – Episódios disponíveis no Prime Vídeo (1-8 temporada) e na GloboPlay (1-10 temporada)
Período de exibição: 1998 a 2006. Retorno: 2017 – 2020
Duração de episódio: 22 minutos 
Elenco principal: Eric McCormack, Debra Messing; Megan Mullally; Sean Hayes e outros.
Sinopse: Will & Grace se passa na cidade de Nova York e se concentra na relação entre Will Truman, um advogado gay e sua melhor amiga Grace Adler, uma mulher judia que possui uma empresa de design de interiores. Os dois estão acompanhados de seus amigos Karen Walker, uma socialite alcoólatra, e Jack McFarland, um ator alegremente gay. A relações entre eles trás provações e confusões de namoro, casamento, divórcio e sexo casual. Bem como piadas da cultura gay e judaica.

Acho que todos nós conhecemos uma ou mais histórias que retrata a vida de amigos que moram juntos ou que estão juntos na maior parte do tempo, certo? E você pode me perguntar porque ESSA série é a que vale a pena acompanhar? Simples, é impossível não rir e não se apegar aos personagens.
Confesso que a minha intensão ao começar assistir Will and Grace foi ver a interpretação da Demi Lovato na última temporada. Sim, comecei a ver a série pois queria saber o final dela e qual seria o papel da Demi. Loucura, né? Mas foram necessários apenas dois episódios para eu entender que esse sitcom é muito mais cativante do que parece e ele teve uma importância significativa para a cultura LGBTQI+ americana. 



Como a própria sinopse diz, vamos acompanhar a vida de Will (Eric McCormack) um advogado gay e extremamente correto com uma certa tendência ao TOC (transtorno obsessivo compulsivo) e Grace Adler (Debra Messing) uma designer de interiores totalmente diferente de Will e com leve tendência a se apaixonar por gays. Além disso, como coadjuvantes acompanhamos Jack (Sean Hayes) amigo deles e aspirante a ator e Karen (Megan Mullally) que deveria ser a secretaria de Grace, mas na verdade ninguém sabe muito bem o que ela faz a não ser beber e tomar alguns remédios. 



A série iniciou em 1998 e muitas piadas são datadas, mas é incrível como a sociedade mudou tão pouco desde aquela época. Certos preconceitos ainda são perpetuados em diálogos e ações e acho que o mais interessante é poder ver o quanto ainda precisamos evoluir. É engraçado como eles encaravam 2020 como um ano extremamente diferente do que vivemos hoje. Tem uma cena em que estão lendo um testamento e uma das personagens teria direito a uma boa quantidade de dinheiro, ela fica feliz, até lerem que ela só resgataria o dinheiro em julho de 2020. 
Em 2006 eles encerraram a série e a NBC dedicou duas horas do horário nobre da emissora para um especial, além do elenco principal participar de diversos programas. 




Will and Grace tiveram 83 nomeações ao Emmy Awards e levaram para casa 16 estatuetas, também foram nomeados diversas vezes ao Globo de Ouro, mas não ganharam, e receberam diversos prêmios GLAAD Media Awards por sua defesa e representatividade na comunidade gay.
Em 2016 o elenco se reunião para uma ação pedindo para que as pessoas votassem nas eleições americanas e em 2017 fizeram o retorno oficial nas telinhas. 

Foram encomendadas mais 3 temporadas e eu confesso que a princípio eu estranhei a forma como a nona temporada começou, mas depois achei divertido. Eles trataram tudo como se fosse um sonho louco de Karen e seguiram como se nada tivesse acontecido.
E na verdade, parecia mesmo que nada tinha acontecido, como se nunca tivesse acontecido uma pausa entre as temporadas. O elenco permanecia super entrosado, as piadas eram ótimas e eles conseguiram adaptar tudo para a modernidade que vivemos hoje. Acho que o que mais me encantou na série foi ver o amor entre amigos, como duas pessoas tão diferentes podem se dar bem e juntos lutarem uns pelos os outros. 
É uma série leve e eu estou muito triste por ter terminado ela, mas com o coração quentinho e a certeza de que um dia vou rever. Na última temporada existe um episódio 00 onde Eric – o Will – fala um pouco sobre como foram as gravações e o sucesso estrondoso que o sitcom foi para o mundo. 
Para quem gosta de coisas leves, divertidas eu aconselho. Está disponível na Prime Vídeo da Amazon e na GloboPlay. 

Ah, outro fato curioso, fora todo o elenco principal, celebridades como Cher, Madonna, Britney Spears, Kevin Bacon e várias outras participaram das gravações e muito dos episódios eram gravados com plateia ao vivo, confesso: meu sonho participar de algo assim.

E aí, você já assistiu? Conhecia a série? Ficou curioso com o enredo? Deixe aqui nos comentários e se você conhece alguma série no mesmo estilo, me mande, pois, vou amar conhecer.

Beijinhos,

14 comentários

  1. Já ouvi falar muito dessa série e até achava que era um. Enredo completamente diferente desse que você falou no post, e nunca vi. Kkkkk
    Agora tô mega curiosa pra ver só por causa dos famosos participando dela!
    Vou anotar mais essa dica pra maratonar! Obrigado!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comecei a ver só pela Demi e depois não conseguia não pensar em Will, Grace, Jake e Karen hehehehehe vale muito a pena! Espero que goste :D

      Excluir
  2. Oiii,

    Eu já vi muita coisa sobre a série e sempre me indicam ela, mas eu realmente não sinto muita vontade de assistir kkkk pelo menos não por agora, é o mesmo sentimento que tenho com Friends, que depois de 20 anos que eu finalmente comecei a assistir, e já ando com preguiça dos episódios kkkkk. Mas eu adoro isso de episódios com 20min, porque da pra ver vários em um mesmo dia kkkkkk. De toda forma eu vou deixar a dica anotada, porque vai que eu perco a preguiça e vou ver né?

    Beijinhos...
    http://equipenerd.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Opa, tudo bem por aí?

    Imagino que você seja lovatic também, já que você começou a assistir a série para ver a participação da Demi 😍. Já vi muitas pessoas elogiando essa série, mas não sei o porquê de nunca ter assistido. Agora que li o seu post, preciso assistir à série sem dúvidas haha.

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana.

    Eu já assisti uns três episódios dessa série e gostei. Não sei porque eu deixei de lado. Vou deixar anotada a dica para assistir pois realmente impossível não rir. Obrigada pela dica.


    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Já assisti alguns episódios soltos e fora de ordem e gostei do que vi. Não sabia que estava na Globoplay e já quero começar a conferir. Valeu pela dica!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ani.
    Eu adorava essa série e acompanhava os episódios que passavam na TV na época! Deu até saudades agora!!!!
    Adorei saber que você resolveu assistir!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  7. Já assisti alguns episódios esporádicos da série na tv fechada e eu sempre dou muita risada, mas não sabia que Will and Grace tinha tantas temporadas e que era uma produção importante no mundo televisivo. Achei muito legal que conseguiram dar continuidade à série basicamente dez anos depois que ela havia sido finalizada. Quando possível vou tentar acompanhar corretamente as temporadas.
    É a primeira vez que visito seu blog e ele é tão fofinho <3 Já estou seguindo.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!

      Leslie, seja muito bem-vinda ao blog! Pois é menina,eu comecei a ver achei leve e depois que viciei fui caçar mais informações é uma obra aclamadissima lá fora!

      Obrigada pela visita!

      beijinhos,

      Excluir
  8. Oi Ani!
    Já ouvi falar dessa série, mas infelizmente não assisti, eu gosto de assistir séries mais ficção, suspense e terror, então nem tenho nenhum para te indicar. Mas adorei saber de suas impressões conheço bastante gente que curte, vou comentar com elas. Parabéns pela resenha, bjs!

    ResponderExcluir
  9. Olá não conhecia a série mais fiquei bem inclinada pela produção, vou procurar para assistir e ver o que acho, adorei a dica e ressalvas curiosas!

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? AH adorei a indicação! Não conhecia ela, porém adoro a temática, e impressionada com o quanto de qualidade ela parece ter. Dica mais que anotada! Ótima postagem inclusive <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Acho que eu nunca na vida ouvi falar dessa série! Não tenho o hábito de assistir comédias, mas gostei de saber que há uma relação de amizade tão importante, além de ter representatividade na série num período em que existia ainda mais preconceito do que hoje em dia. Isso acabou me fazendo sentir vontade de assistir. Depois que eu finalizar algumas séries que estou acompanhando, vou querer dar uma chance para essa!

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bem? Já ouvi falar muito nessa série mas ao contrário de outras nunca me chamou atenção. Talvez porque meu gênero favorito seja suspense/policial. Então sempre procuro títulos semelhantes. Quanto a piadas nas séries acredito que tenha influência da cultura americana. Mesmo séries mais novas como TBBT traz várias. O que acho mais legal são as participações especiais. Não tinha ideia da Britney Spears. Quando assisto Friends e vejo Brad Pitt já fico procurando outras "celebridades" haha Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir

Oi você, que bom que chegou até aqui, não esqueça de deixar um comentário.

- Criticas, duvidas, sugestões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte sempre ;*

Contato: contato@entrechocolatesemusicas.com