Trinta e Três de Agosto - Raquel Laranjeira Pais

 Oi vocês, 

Recentemente recebi da Oasys Cultural o ebook de Trinta e Três de Agosto e hoje venho compartilhar as minhas impressões.

Título: Trinta e Três de Agosto
Autora: Raquel Laranjeira Pais
Editora: Perspectiva
Página: 192
Sinopse: A vida, cada vida, mesmo a que parece sempre tão igual a si mesma e a tantas outras, encontram na autora portuguesa Raquel Laranjeira Pais uma retratista minuciosa. Todos os seus contos trazem na receita uma pitada ou mais de aflição. Momentos de crise e momentos de libertação. De um jeito, e numa sintaxe, muito lusitano e muito brasileiro, as personagens buscam fazer sentido primeiramente para elas mesmas. Quase sempre femininas, tentam abrir caminho – ou entender onde saíram da trilha certa – numa selva urbana de plantas domesticadas e animais indomesticáveis. Há muitos e diversos bichos nas histórias de Raquel e todos são personagens involuntárias e indiferentes do drama humano. Mas indiferença é uma das sensações que o leitor deste livro não terá.


Ah, fazia tanto tempo que não lia um livro de contos que fiquei muito feliz de receber esse convite da Oasys Cultural para conhecer a escrita de Raquel e matar a saudade do gênero. 
A autora é portuguesa e morou em São Paulo por um período até retornar para Lisboa há 03 anos, seu livro de contos traz histórias simples e cotidianas que nos faz viajar faz viajar e querer conhecer um pouco mais de cada personagem criado. Como a própria sinopse diz, a maioria de suas personagens são mulheres em busca de conquistar seu próprio caminho.



Essa foi a primeira vez que li uma obra em português de Portugal e não tive nenhuma dificuldade, são poucas coisas que diferenciam do português brasileiro e eu achei isso muito interessante. Além da linguagem, a autora possui uma escrita peculiar, não vou saber descrever em palavras, mas a forma como ela conduz o enredo é diferente de tudo o que eu já li. São histórias de pessoas comuns, mas narradas com uma sutileza e peculiaridade única que transforma a experiência de leitura mais completa.



Como disse, fazia muito tempo que não lia uma obra assim, e estava passando alguns problemas pessoais que estavam me afastando um pouco da literatura, poder ler Trinta e Três de Agosto me ajudou a não surtar (e a terapia também, amém!). Para os fãs de contos e de histórias honestas, a dica está dada. A leitura foi ótima! 

Se interessou pela obra? Adquira através do link abaixo e nos ajude a manter o blog no ar.

Beijinhos,




7 comentários

  1. Oi Ani!
    Não conhecia a obra, mas adorei sua resenha. Ainda não li nada em português de Portugal, achei que seria mais difícil... mas tô vendo que não. Achei bem interessante o fato de serem histórias comuns, mas que a autora soube narrar de tal forma que fez as histórias se tornarem únicas. Fiquei bem curiosa pela leitura!
    Abraços

    http://lendoeapreciando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Faz tempo que não leio nada em Português de Portugal, lembro muito de ler os livros clássicos da Literatura hahah! Gostei da sua indicação é uma pegada diferente também.
    Bjs
    Lucy
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Confesso que gosto muito de contos, porém ao contrário de você não consigo ler em português de Portugal, tudo me incomoda de mais (prefiro até ler em espanhol). Mas gostei da ideia de ser sobre o cotidiano.

    ResponderExcluir
  4. Oi Ani!
    Não conhecia esse livro de contos, mas fiquei curiosa sobre a abordagem. Recentemente li um livro em português de Portugal e também não tive dificuldade de ler é muito bom né kkk. Obrigado pela dica, parabéns pela resenha, bjs!

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Adorei a forma como você trouxe a resenha dos contos e fiquei curiosa. Nunca li nada com português de Portugal e fiquei curiosa para ter essa experiência. É sempre bom quando as histórias passam esse tom de realidade né? Gostei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Adoro contos, gostei de conhecer esse livro, ainda mais por ter em e-book, ando evitando livros físicos por falta de espaço em casa. Vou anotar a dica para conferir ele qualquer dia desses.

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro e a autora, mas gostei de saber que é um livro de contos. Parabéns pela resenha, ficou bem legal e vou anotar a sua dica!
    Abraço!

    ResponderExcluir

Oi você, que bom que chegou até aqui, não esqueça de deixar um comentário.

- Criticas, duvidas, sugestões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte sempre ;*

Contato: contato@entrechocolatesemusicas.com