Três Faltas e você será Foracluído - Nilo Barroso

Oi vocês, 
Há um tempo atrás eu fui convidada pela Oasys Cultural para conhecer a obra Três Faltas e você será Foracluído. Hoje eu venho contar um pouco da minha experiência com a obra. 

Título: Três Faltas e você será Foracluído
Autor: Nilo Barroso
Editora: 7 Letras
Páginas: 256
Sinopse: No espaço-tempo deste romance, Nilo Barroso consegue contrair e expandir o inimaginável: nestas páginas o autor mistura um amplo leque de referências da cultura pop contemporânea, desde livros, filmes e seriados de ficção científica, de Jornada nas estrelas a Blade Runner, da mitologia grega a a teorias de hiperespaço e das supercordas, passando por observações freudianas, grandes conspirações da CIA e por fatos históricos, como as guerras greco-persas, numa trama policial originalíssima que envolve ainda uma obsessão amorosa. A repetição de algumas cenas ocorre como recurso narrativo, numa espécie de metalinguagem da quarta dimensão, abrindo espaço para que o leitor embarque numa viagem no tempo junto com os personagens deste enredo fantástico.

Precisamos falar sobre... Will and Grace

Oi vocês,

Quanto tempo que eu não falo sobre as séries que ando assistindo por aqui, né? Acho que como todo mundo, estou sofrendo bastante com o tédio desta pandemia e livros, séries e filmes é o que vem me salvando diariamente (além do meu lindo gatinho que já não me aguenta mais). Hoje eu venho falar do sitcom Will and Grace.

Título: Will and Grace
Emissora: NBC – Episódios disponíveis no Prime Vídeo (1-8 temporada) e na GloboPlay (1-10 temporada)
Período de exibição: 1998 a 2006. Retorno: 2017 – 2020
Duração de episódio: 22 minutos 
Elenco principal: Eric McCormack, Debra Messing; Megan Mullally; Sean Hayes e outros.
Sinopse: Will & Grace se passa na cidade de Nova York e se concentra na relação entre Will Truman, um advogado gay e sua melhor amiga Grace Adler, uma mulher judia que possui uma empresa de design de interiores. Os dois estão acompanhados de seus amigos Karen Walker, uma socialite alcoólatra, e Jack McFarland, um ator alegremente gay. A relações entre eles trás provações e confusões de namoro, casamento, divórcio e sexo casual. Bem como piadas da cultura gay e judaica.

A Bailarina Fantasma - Socorro Acioli

Oi vocês, 

No post passado eu contei que me propus a ler uma obra totalmente no aplicativo Kindle para Android. Para isso, eu escolhi a obra da Socorro Acioli que morria de curiosidade de conhecer. Confira a resenha:

Título: A Bailarina Fantasma
Autora: Socorro Acioli
Editora: Seguinte
Páginas: 186
Sinopse: Anabela mal podia conter a empolgação quando seu pai foi o arquiteto escolhido para coordenar uma obra no Theatro José de Alencar, em Fortaleza. A proposta era que aquela casa de espetáculos maravilhosa mantivesse as mesmas características de quando foi inaugurada, em 1910. Logo vira rotina para Anabela passar as tardes por ali, fazendo a lição de casa enquanto o pai trabalha. Mas essa reforma vai acabar desenterrando histórias escondidas há muitos e muitos anos, já que Anabela começa a ver uma bailarina translúcida, vestida de azul, que mais ninguém parece enxergar. Será que a garota vai conseguir ajudá-la?


Testando o aplicativo Kindle para Android

Oi vocês, 


Recentemente eu troquei de aparelho celular e decidir fazer um teste em relação ao aplicativo do Kindle para Android. Resolvi fazer isso, pois já li muitos comentários de pessoas que não possuem condições financeiras para comprar um leitor digital, mas gostaria de ler e-book. Além disso, eu também sou adepta ao Kindle Unlimited e a maioria das resenhas que faço são obras que estão na plataforma, então acho justo dizer o que eu achei do aplicativo e se há alguma diferença de leitura entre o celular e o leitor. 

Gostaria de informar que meu Kindle é o Paperwhite que eu comprei em 2014 e NUNCA tive nenhum tipo de problema, a bateria dele é sensacional e dura meses comigo – mesmo com a leitura mais intensa ultimamente – e o celular que usei para o teste é o Samsung S10e.




O livro escolhido foi o A Bailarina Fantasma da Socorro Acioli e foi uma boa escolha pois durante as trocas de capítulos há imagens e no celular conseguimos ver elas coloridas e isso deu um charme muito bacana, além das trocas dos bilhetes que também tinha uma fonte diferenciada. Eu amo quando as editoras fazem uma diagramação bonita inclusive para livros digitais.

Sobre o aplicativo temos a opção de trocar de fonte, tamanho, espaçamento assim como no leitor, a diferença que senti foi na questão das cores das páginas onde podemos escolher entre preto, branco, sépia e verde. Achei interessante e diferenciado, mas a única cor que não me incomodou foi a branca mesmo, que diferente do que eu pensava, tem um tom amarelado que ajuda a não cansar a vista. 

Outra coisa que podemos modificar no aplicativo é o brilho da tela, que pode seguir o sistema do celular ou ser ajustado manualmente, eu uso o sistema de brilho inteligente do próprio aparelho, onde ele identifica a luminosidade do ambiente e altera automaticamente, foi ótimo para a leitura também. Durante a leitura, assim como no leitor, podemos fazer marcação de notas e o diferencial é que no celular podemos escolher entre amarelo, azul, verde e rosa – todos em tons mais pasteis. 

Achei o aplicativo do Kindle gasta pouquíssima bateria e eu sempre fui difícil de ler no celular por causa das outras redes sociais. Como estou lendo mais a noite, fui pouco interrompida – e o livro era sensacional, não tive vontade de abrir nenhuma outra rede social. 


Em suma, a experiência foi extremamente positiva, a leitura fluiu bastante e eu terminei a obra em dois dias – por pura preguiça mesmo poderia ter lido mais rápido. O aplicativo pode ser uma ótima alternativa para quem deseja ler livros digitais e não possui um bom leitor ou está sem ele no momento. Já sei quem vai me salvar quando estiver em filas sem meu Kindle do lado. Ah, o aplicativo é gratuito e está disponível para Android e iOS.


O Unlimited continua sendo uma salvação para mim enquanto todos os meus livros estão na casa dos meus pais e eu estou amando conhecer novas obras através dele. Ah, o livro da Socorro não está nele, eu adquiri em um dia em que a Seguinte disponibilizou gratuitamente – é sempre bom ficar de olho nas redes sociais das editoras para conseguir esses achados.

E você já utilizou o aplicativo do Kindle no celular? Ou tem o leitor digital?

Beijinhos,






Entrevista com a Pedra - Nigel Goodman

Oi vocês, 

Eu sempre tive um fraco com livros que possuem jornalistas como personagem principal, quando vi a divulgação do Nigel no Twitter fui logo saber mais sobre a obra e hoje eu venho falar sobre Entrevista com a Pedra.


Título: Entrevista com a Pedra e outros contos
Autor: Nigel Goodman
Editora: Independente
Páginas: 174
Sinopse: Anderson Leitão é um repórter frustrado. Tudo que ele queria era fazer uma grande reportagem e, quem sabe, ganhar um prêmio, mas infelizmente seu lugar na vida é entrevistar pessoas inusitadas, animais e até pedras. Não que ele fosse capaz de fazer uma matéria digna de um prêmio caso tivesse oportunidade, mas aí seria uma frustração melhor. Talvez tudo que ele queira na verdade é se frustrar com coisas melhores. Não é pedir muito, é? Talvez seja, talvez não seja, mas quem se importa? Essa é a verdadeira pergunta. Ninguém se importa. Por sorte, as frustrações de Anderson Leitão são o combustível para o humor em “Entrevista com a Pedra e outros contos”. Às vezes um humor engraçado de verdade, às vezes um humor mais “hum, legal”, em alguns momentos mau humor, porque gente alegre demais é insuportável. É inevitável lembrar de algum chefe ao ler os pedidos idiotas do editor do jornal onde Leitão trabalha. Na pior das hipóteses você vai se identificar com o personagem e se divertir rindo de si mesmo, mas nada que um psicólogo mediano não seja capaz de transformar em um trauma.